Comissão de Contabilidade Condominial do CRCGO são recebidos no CFC pelo Presidente Zulmir e pelo Vice-presidente Idésio Coelho

Por Rafaella Feliciano
Comunicação CFC

A Comissão de Contabilidade Condominial, do Conselho Regional de Contabilidade de Goiás (CRCGO), entregou ao presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Zulmir Breda, uma minuta de Interpretação Técnica Geral (ITG) para regulação específica da contabilidade condominial.

Junto com o presidente do CRCGO, Rangel Francisco Pinto, a comissão foi recebida, no último dia 12 de junho, na sede do CFC, em Brasília, quando apresentaram o documento ao presidente Zulmir; ao vice-presidente Técnico do CFC, Idésio Coelho; e, também, à diretora executiva do CFC, Elys Tevania.

Representantes da Comissão de Contabilidade Condominial do CRCGO são recebidos no CFC pelo Presidente Zulmir e pelo Vice-presidente Idésio Coelho

Segundo Rangel, a dúvida sobre a obrigatoriedade da escrituração contábil é muito comum entre síndicos, diretores e condôminos. De acordo com o presidente do CRCGO, principalmente na região, o fato de não existir uma norma contábil sobre a contabilidade condominial tem resultado na elaboração inadequada de demonstrativos, impedindo a prestação contas de forma correta.

“Além disso, a contabilidade está sendo praticada por profissionais que não são da área contábil, o que pode prejudicar a situação patrimonial, econômica e financeira dos condomínios, e, também, ferir a imagem do contador”, disse Rangel Pinto.

O presidente do CFC agradeceu o trabalho da comissão e disse que a Câmara Técnica está à disposição para analisar o material. “Considero louvável a iniciativa do CRCGO no sentido de buscar o aperfeiçoamento das normas brasileiras de contabilidade. Quanto à minuta de ITG específica para condomínios, vamos encaminhar a sugestão para a Câmara Técnica examinar sobre sua viabilidade”, ressaltou.


Representantes da Comissão de Contabilidade Condominial do CRCGO ladeados pelo Presidente do CFC, Presidente do CRCGO, Conselheira Maria Perpétua e Vice-presidente Idésio Coelho

A reprodução deste material é permitida desde que a fonte seja citada.